CASAS A VENDA EM NILOPOLIS - UTILIZAÇÃO DO FGTS
mapa da obra2.png

Quando se financia um imóvel todos já sabem que pode utilizar o FGTS, portanto, não falaremos sobre esses casos.

Mas ou outros casos nem tanto, e que podem ser muito úteis e vantajosos financeiramente usar o FGTS no financiamento habitacional.

 

Usar o FGTS para a amortização das prestações ou quitação do financiamento habitacional:

 

O FGTS, como estabelecido na Lei nº 8.036/90, tem remuneração de 3% ao ano mais a TR, e, na maioria dos casos, vale a pena ser utilizado para amortizar ou quitar o financiamento da sua casa.

Entretanto você tem que levar em consideração principalmente os seguintes fatores: A política do seu agente financeiro para a amortização ou quitação e juros do seu financiamento para ver se vale a pena.

Já usar o FGTS para quitar as prestações em atraso trata-se de uma urgência e a questão financeira já fica para segundo plano.

Atrasar as prestações é um fantasma que esta presente na mente de todos que contraem um financiamento imobiliário.

 

Mas nesses casos você também pode utilizar o seu FGTS para pagar as prestações em atraso do financiamento habitacional.

 

Nessa situação o FGTS quita até 80% da prestação do financiamento, e segundo a Caixa Econômica você somente deve ter 03 (três) prestações em atraso.

Mas dependendo da situação individual, a justiça, especialmente o STJ,  e o TJSP, tem autorizado a utilização do FGTS fora desse parâmetro.

O prazo de utilização de é de 12 meses a cada 2 anos.

Lembretes para o uso do FGTS no financiamento habitacional

Importante se lembra que se houve composição da renda familiar para o financiamento, todos os adquirentes podem utilizar o fundo.

 

Já em caso de cônjuge, ainda que não tenha assinado o contrato a Justiça tem autorizado a sua utilização, mesmo contra o que diz o Regulamento do FGTS

Você pode ler em PDF o Regulamento do FGTS aqui, ou baixe o aplicativo da Caixa Econômica para android ou IOS para consulta do FGTS. 

Mas dependendo da situação individual, a justiça, especialmente o STJ,  e o TJSP, tem autorizado a utilização do FGTS fora desse parâmetro.

TIRE_SUAS_DÚVIDAS_AQUI_PELO_MESENGER.png